(19) 99889-0922

NO AR

Rádio Web Pop FM

radiowebpopfm.com.br

Brasil

Prévia da inflação sobe 0,33% em novembro, com alta no preço de alimentos

Publicada em 29/11/23 às 10:59h - 42 visualizações

por Rádio Web Pop FM


Compartilhe
 

Link da Notícia:

A prévia da inflação ficou em 0,33% em novembro, 0,12 ponto percentual (p.p.) maior que a de outubro, quando variou 0,21%. O resultado foi bastante influenciado pela alta no grupo Alimentação e bebidas (0,82%), que representou 0,17 p.p. do índice geral. No entanto, o maior impacto individual foi registrado pelo subitem passagem aérea (0,16 p.p.), que aumentou em 19,03%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi divulgado hoje (28) pelo IBGE.

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 4,30%, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses é de e 4,84%, abaixo dos 5,05% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2022, a taxa foi de 0,53%.

Entre os nove grupos pesquisados, oito registraram alta em novembro. No grupo Alimentação e bebidas, a alimentação no domicílio subiu 1,06% em novembro, após cinco quedas consecutivas. Contribuíram para esse resultado as altas da cebola (30,61%), da batata-inglesa (14,01%), do arroz (2,60%), das frutas (2,53%) e das carnes (1,42%). Por outro lado, o feijão-carioca (-4,25%) e o leite longa vida (-1,91%) caíram de preços.

Outros grupos que se destacaram entre as altas foram Despesas pessoais (0,52%) e Transportes (0,18%), que contribuíram com, respectivamente, 0,05 p.p. e 0,04 p.p.

O grupo Despesas pessoais foi influenciado pelas altas do pacote turístico (2,04%), da hospedagem (1,27%) e do serviço bancário (0,63%). Já nos Transportes, além da passagem aérea, que subiu 19,03% e teve o maior impacto individual no índice do mês (0,16 p.p.), destaca-se também o subitem táxi, com alta de 2,60%. Por outro lado, os combustíveis caíram (-2,11%), com redução os preços do etanol (-2,49%), gasolina (-2,25%) e no gás veicular (-0,57%), enquanto o óleo diesel (1,12%) subiu.

Os outros grupos registraram os seguintes resultados: Habitação, variação de 0,20% e impacto de 0,03 p.p.; Artigos de residência, 0,24% e 0,01 p.p.; Vestuário, 0,55% e 0,03 p.p.; Saúde e cuidados pessoais, 0,08% e 0,01 p.p.; Educação, 0,03% e 0,00 p.p. e Comunicação, -0,22% e -0,01 p.p., que recuou pelo terceiro mês consecutivo.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


 
Vote na enquete
Em qual plataforma você costuma consumir notícias?

 Facebook
 Instagram
 Sites de Notícias
 WhatsApp







PEÇA SUA MÚSICA

(19) 99889-0922

Visitas: 784204
Usuários Online: 1009
Copyright (c) 2024 - Rádio Web Pop FM -